Pular para o conteúdo principal

Perguntas frequentes

Imagem de uma jovem mulher apontando para a esquerda

As respostas para as nossas perguntas frequentes estão distribuídas de acordo com o tipo de tratamento.

Clínico Geral

Como higienizar os dentes corretamente?

O ideal é que você escove os dentes depois de cada refeição. Para escovar corretamente, segure a escova em um ângulo de 45º em relação aos dentes e faça movimentos circulares que devem abranger da gengiva ao topo de cada dente. Na região interna, faça movimentos de vai e vem passando por toda a arcada dentária. 

Ao menos uma vez ao dia, de preferência à noite, passe o fio dental: enrole o fio em seu dedo indicador em uma mão e, na outra enrole o dedo médio. Assim, você terá mais firmeza. Passe o fio em todos os dentes, pegando desde sua junção com a gengiva até embaixo.

Eu não passo o fio dental porque sangra, o que fazer?

Na verdade, o sangramento ocorre pelo uso incorreto do fio dental e uma higienização inadequada. Se está sangrando é porque há inflamação gengival e será necessária uma limpeza e orientação profissional.

Por que preciso fazer o uso do fio dental todos os dias?

O fio dental é um item que costuma muitas vezes ser esquecido. Mas sim, é preciso que ele seja usado todos os dias! Ele remove a placa bacteriana nos locais onde a escova não consegue alcançar, e por isso previne contra diversos problemas bucais.

Dentística

Carvão ativado clareia os dentes?

Embora existam formas variadas de clarear os dentes, é importante conversar com um expert no assunto antes de querer deixar o seu sorriso mais branco. Sendo assim, consulte um dentista especializado em dentística para entender o melhor tipo de tratamento e escolher o mais indicado para o seu caso. Não faça nada por conta própria e preserve a saúde dos seus dentes!

 

Endodontia

Toda dor de dente significa que devo fazer um tratamento de canal?

Não. A pulpite (inflamação da polpa) pode ter diversas causas. Os sintomas que indicam tratamento de canal são: dor de dente muito forte que dura muitas horas, muita sensibilidade, uma dor latejante no dente em questão e que irradia para os outros dentes e sensibilidade ao mastigar. 

É verdade que um problema dental pode provocar doenças cardíacas?

Sim, se a cárie se aproximar da polpa do dente, por onde passa a corrente sanguínea, as bactérias podem alcançar o sangue e circular pelo organismo, atingindo diferentes regiões, inclusive o coração.

Estética

O uso de água oxigenada e bicarbonato de sódio ajuda a clarear os dentes?

São contraindicadas, segundo diversos estudos. Essa combinação provoca lesão e retração na gengiva, desgaste do esmalte, sensibilidade e, em casos mais graves, inflamação.

Quais são os benefícios das lentes de contato dentais?
  • O tratamento é rápido, que leva, em média, três consultas;
  • O material das facetas é resistente aos pigmentos da alimentação;
  • Dão um novo formato aos dentes;
  • Baixa manutenção, até porque a porcelana não altera a cor.

A longevidade da técnica costuma durar de 10 a 15 anos ou muito mais, entretanto, vale ressaltar que o tempo é muito relativo, já que depende de alguns fatores que variam de paciente para paciente. Isso significa que não adianta investir na técnica e deixar de lado uma higiene bucal adequada e ter péssimos hábitos alimentares. Essas atitudes podem diminuir o tempo útil da lente, porque apesar de serem feitas com material resistente, a cooperação do paciente é imprescindível.

Qual é a diferença entre lente de contato e facetas de porcelana?

Facetas de porcelana: são capas feitas de cerâmica com sete milímetros de espessura. Elas são cimentadas nas faces frontais dos dentes incisivos centrais. Geralmente, precisa fazer desgastes nos dentes para pequenas correções dentárias, além de clarear dentes escurecidos e manchados.


Lentes de contato: possuem uma diferença no momento da colocação. Elas são capas ultrafinas de cerâmica com cerca de 0,2 a 0,4 mm de espessura, com pequeno ou nenhum desgaste destinado a clarear os dentes e corrigir a estética.

Quanto tempo dura o Botox?

Em geral, a duração da toxina botulínica varia entre 4 a 6 meses. Depois desse período começa a perder a eficácia, sendo necessária uma nova aplicação de manutenção.

Dentista pode fazer harmonização facial?

Os cirurgiões-dentistas são autorizados para utilizar a toxina botulínica e ácido hialurônico para fins estéticos e terapêuticos funcionais. A harmonização facial é reconhecida como uma especialidade da odontologia.

O que é lente de contato e faceta de porcelana?

Feito de um material muito resistente, a lente de contato é um procedimento estético em que se cobre apenas a frente do dente (chamada face vestibular) sem realizar desgastes, preservando o dente.

A faceta é uma peça fina de porcelana e tem a mesma finalidade da lente dental, porém, essa técnica exige o desgaste da face da frente do dente.

Pastas com branqueadores são eficazes?

Elas são ricas em substâncias abrasivas (como sílica e bicarbonato). Para eliminar manchas, esses cremes dentais desgastam o esmalte, o que pode acarretar retrações da gengiva e maior sensibilidade.

O clareamento dental enfraquece os dentes?

O clareamento dental pode deixar os dentes mais sensíveis por um tempo, mas não enfraquecidos. O ideal é conversar com o dentista e deixar a boca totalmente saudável para o clareamento.

Implantodontia

Depois de colocar implante não precisa mais escovar os dentes?

Precisa. Seja um implante unitário ou uma prótese fixa sobre implante é necessário fazer a higienização de acordo com as orientações do profissional.

Implante dói?

A cirurgia não é dolorosa, pois o paciente estará anestesiado. No período de recuperação, remédios contra dor e inflamações serão indicados para reduzir qualquer desconforto e prevenir infecções.

O que são implantes dentários?

Os implantes são pequenos pinos de metal (Ti – titânio) que, quando colocados nos ossos maxilares com dentes montados pelo dentista, irão substituir os dentes ausentes.

Dá para pôr o implante e o dente no mesmo dia?

Sim, esse procedimento, chamado carga imediata, está indicado em alguns casos na odontologia, permitindo a instalação do implante e, em seguida, a colocação da coroa ou prótese fixa sobre o implante.

Ortodontia

Todos precisam tirar o dente do siso?

Não. O dente do siso, chamado pelos profissionais de terceiro molar, deve ser retirado em alguns casos. O dentista vai observar se há problemas com o nascimento desse dente na posição errada, se há espaço na boca do paciente para manter esses dentes, se há cáries, entre outros aspectos clínicos que podem exigir a extração do dente.

A faceta substitui o aparelho?

Não. A faceta está indicada para correções estéticas pequenas. Se o apinhamento dental for severo, não será indicado o procedimento.

Todo tratamento ortodôntico é demorado?

Nem todos. Isso depende do tipo de má oclusão que o paciente apresenta. Além disso, podemos utilizar o aparelho autoligado que oferece uma rápida movimentação, tornando o tratamento mais rápido.

Crianças podem utilizar aparelho?

É fundamental que os pais fiquem atentos às cáries de mamadeira quando as crianças são ainda pequenas. No caso do tratamento ortodôntico, não existe uma idade correta para iniciar. O aparelho ortodôntico pode ser utilizado em qualquer idade, desde crianças até os mais velhos, dependendo da finalidade proposta. Cada caso é um caso, e tem que ser avaliado separadamente.

É verdade que existe aparelho invisível?

Sim, na verdade o aparelho invisível é um método de tratamento que permite, através de discretos e confortáveis dispositivos (plaquinhas rígidas), a movimentação dentária sem o uso do tradicional braquete ou aparelho fixo.

Se tiver que usar aparelho, o modelo metálico é a única escolha?

Não. A tecnologia avançou muito e hoje é possível escolher um modelo de aparelho compatível com suas necessidades e com seu bolso. Além do aparelho metálico, que costuma ser o mais em conta, há o aparelho estético, que tem os braquetes de cor semelhante aos dentes, ficando um pouco mais discreto. 

Prótese dentária

Com quanto tempo devo trocar minhas próteses dentárias?

Em média, a prótese dentária deve ser trocada a cada 5 anos, mas este prazo pode variar bastante conforme os cuidados e hábitos do paciente.